Lotes Favoritos

Você precisa estar logado para visualizar os seus lotes favoritos

TERRENO

R$ 86.863,15
Sex, 24 De Jun De 2022 - 13:00h

ATENÇÃO!
Este lote foi retirado do leilão

Informações
Lote Nº.: 2.1
Cidade/UF: Guaratuba/PR
Comitente: Vara da Fazenda Pública de Guaratuba
Local do Leilão: www.amleiloeiro.com.br
Situação: Retirado
Valor da Avaliação: R$ 173.726,31
Visualizações: 459
Horário dos leilões
1º. Leilão 10/06/2022 - 13:00h Simultâneo R$ 173.726,31
2º. Leilão 24/06/2022 - 13:00h Simultâneo R$ 86.863,15
Lances
Maior Lance: R$ 86.863,15
Apelido: marcogv
Lances: 1
Autos: 0007303-23.2013.8.16.0088

Características

  • TERRENO

Documentos

Descrição

TERRENO - Lote de terreno n°17 (dezessete), da quadra 285 (duzentos e oitenta e cinco), da planta “GERAL”, situado neste Município e Comarca de Guaratuba, medindo 13,50 metros de frente para Rua José de Alencar, por 40,00 metros de extensão, da frente aos fundos, em ambos os lados, confrontando pelo lado direito de quem da rua observa o imóvel com os lotes 16, 15 e 14, pelo lado esquerdo, com o lote 18 e, na linha de fundos, onde mede 13,50 metros, confronta com lote 10, perfazendo a área total de 540,00 m2, distante 35,00 metros da Rua Álvares Cabral, sem benfeitorias, objeto da matrícula sob nº 58.470 – CRI Guaratuba/PR

Informação Adicional

CONDIÇÕES GERAIS: 01) Fica(m) desde já cientes o(a)(s) Executado(a)(s) de que, em caso de arrematação de bem(ns) imóvel(is), deverá(ão) imediatamente remover o(s) bem(ns) móvel(is) que guarnece(m) seu interior, sob pena de ser(em) incorporado(s) ao(s) imóvel(is) caso não seja(m) retirado(s), com exceção da existência de eventual(ais) móvel(is) planejado(s). 02) O(s) bem(s) será(ão) entregue(s) livre(s) de ônus de natureza fiscal (art. 130, § único, do CTN) e de natureza propter rem (art. 908, § 1º, do CPC), exceto no caso de adjudicação ou de arrematação com o próprio crédito executado neste processo, condições estas sujeitas ao concurso de preferência. 03) O(s) bem(s) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontram, sendo responsabilidade do(s) interessado(s) realizar prévia vistoria com o(s) depositário(s) indicado(s). 04) Correrão por conta do adquirente as despesas inerentes à eventual regularização, transferência, expedição da carta de arrematação e imissão na posse.

FORMAS E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO: Será sempre considerado vencedor o maior lance ofertado, observado o lance mínimo, independente da forma ou condição de pagamento que o arrematante venha a optar. A proposta de pagamento do lance à vista sempre prevalecerá sobre as propostas de pagamento parcelado, desde que o lance se iguale a melhor oferta (art. 895 § 7º do CPC/2015).

a) À VISTA: Ao optar pelo pagamento à vista do valor do lance, o arrematante, no ato da arrematação, deverá efetuar, diretamente ao leiloeiro ou mediante guia judicial, o pagamento da integralidade do valor da sua oferta.

b) PARCELADO: Ao optar pelo pagamento parcelado, o licitante, no ato da arrematação deverá efetuar, diretamente ao leiloeiro ou mediante guia judicial, o pagamento do valor mínimo correspondente a 25% (vinte e cinco) do valor da arrematação, quitando o valor remanescente em, no máximo, 30 (trinta) parcelas (art. 895, §1º do Novo Código de Processo Civil) iguais, mensais e sucessivas, com vencimento a cada 30 (trinta) dias da data da arrematação. Na hipótese de atraso no pagamento de qualquer parcela, incidirá multa de 10% sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas vincendas (art. 895 §4º do CPC/2015). O valor das parcelas deverá ser atualizado, mensalmente, desde a data da arrematação, pela média do INPC+IGP-DI (pro rata die), devendo o montante ser quitado mediante guia de depósito judicial vinculada aos autos a que se refere o bem arrematado. Caso o vencimento de alguma parcela recaia em final de semana ou feriado, o mesmo ficará automaticamente prorrogado para o primeiro dia útil subsequente. A arrematação de bem imóvel mediante pagamento parcelado do valor da arrematação, nos termos previstos neste edital, será garantida por hipoteca gravada sobre o próprio imóvel arrematado. Em caso de arrematação de bens móveis mediante pagamento parcelado, o r. juízo poderá condicionar a entregar do bem à quitação de todas as parcelas. Na hipótese de inadimplemento, o exequente poderá optar pela resolução da arrematação ou promover, em face do arrematante, a execução do valor devido. Caso seja pleiteada a execução, todas as parcelas vincendas vencerão antecipadamente à data da parcela inadimplida, incidindo sobre o montante devido a multa prevista no art. 895 §4º do Novo Código de Processo Civil, além das demais sanções eventualmente previstas neste edital e/ou na legislação em vigor, arcando o arrematante inadimplente com as custas processuais e honorários advocatícios decorrentes da execução, tudo isso sem prejuízo da apuração de eventuais perdas e danos.

Ver mais