LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01
LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01 LOTE 01

Avaliação: R$ 256.000,00

Lance Minimo: R$ 128.000,00

Incremento: R$ 1.000,00


Foi visto 275 vezes.
Edital e Informações Imprimir

DESCRIÇÃO DO LOTE


Residência com edícula em alvenaria situada na Rua Carlos Gomes, 56, entre a Rua Manoel Ribas e Rua Travessa Belém, bairro Monza, CEP 83.406-370, cidade Colombo – PR. Área construída total útil: 172,61 m², Área do terreno – 502,00 m²; Matrícula nº 33.488 Registro de Imóveis de Colombo – PR.

A Residência:  Devido ao forte declive do terreno, houve necessidade de escalonar a construção em diversos patamares. O nível do piso da residência está cerca de 1,00 m abaixo do nível da rua. Em baixo da residência foi construída um subsolo, com altura não conveniente para usar como habitacional, servindo apenas como utilização temporária. Atualmente está sendo usada para locação. Está área construída não será considerada como útil. A parte térrea da residência térrea está em boas condições, aparentemente inclusive da estrutura. Possui sala de visita, três quartos, sendo um com banheiro exclusivo para um dos quartos (denominado suíte) e mais um banheiro, social, para os outros dois quartos. Ainda com a cozinha e copa individualmente. A sala possui piso de madeira maciça, teto com forro de gesso rebaixado e janelas de madeira. Quarto com banheiro – suíte, com piso de cerâmica, janelas de madeira e banheiro sem azulejos nas paredes. Quartos sociais (1 e 2), com piso de madeira maciça, teto com sanca de gesso. Banheiro social com piso de cerâmica e com azulejos nas paredes. Copa e cozinha com janelas da madeira, piso de cerâmica e paredes com azulejos. Com telhas de cerâmica, tipo colonial. Com uma vaga de garagem no abrigo, na lateral esquerda.
Sub solo da Residência: Piso de cerâmica, janelas de ferro com altura interna média de 2,20 m. Não é permitido para residência. Alguns cômodos sem janela. Não consideraremos como área útil residencial ou para qualquer outra atividade.
A Edícula: Construção semi acabada. Área interna sem portas, paredes sem acabamento final (somente com emboço) e sem forro.
Sub solo da Edícula: Construção semi acabada, sem acesso, sem portas, sem janelas, sem qualquer condições para qualquer tipo de utilização. Não consideraremos como área útil. Após as construções, o terreno continua com a declividade para o fundo, que facilita o impedimento de eventuais alagamentos do local. 
As construções não estão averbadas na matrícula do registro de imóveis. 
Somente a área da residência e da edícula são passíveis de averbação. As outras áreas deverão ser lacradas, servirão somente como fundações e dar altura dos pisos utilizáveis. 
O custo da averbação, somente depois de concluídas, será aproximadamente de R$ 10.000,00 de engenharia com custos administrativos e de R$ 6.453,00 de INSS dos operários utilizados na construção deste imóvel, totalizando o valor de R$ 16.453,00. 
Devemos ainda considerar que o engenheiro deverá se responsabilizar pela solides da construção, pela salubridade e bom desempenho quando da regularização, mesmo sem ter efetivamente cuidado da mesma ou propor e fazer alterações para tal objetivo.

Autos: 0011590-31.2015.8.16.0194   –  24ª VARA CÍVEL DE CURITIBA/PR